Follow by Email

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Oooo diazinho tenso!

Oooo diazinho tenso!
Tudo começou com uma mensagem de texto vinda do diretor da empresa onde trabalho.

Tínhamos entrado em acordo ontem de que eu iria direto para um cliente de contrato que tem uma farmacia de manipulação.

Como estava acordado previamente, nem me preocupei pois era somente auxiliar um funcionario da empresa a colocar os atalhos para acesso remoto ao servidor que esta na matriz da empresa.

Pensei, vou direto, caminhando pois é meu caminho para empresa e relativamente perto.
Ledo engano, pois recebo a seguinte mensagem já acaminho da empresa A (farmacia) às 8:27:14

Fábio.. vai direto na ferragem tal...deu algo na raid do servidor.. Leva dvd win7. obrigado.

Wow...

Volto eu para pegar o carro pois estava deslocando, caminhando para a farmacia.
No caminho ligação para saber onde eu estava, não atendi, alguem vai pagar a multa se me pegarem falando ao telefone enquanto dirijo????

Larguei o carro na garagem ao lado do destino B (ferragem) 8:50 pelo relogio.
8:51 nova ligação onde estás??? Aff... No inferno, só falta encontrar o capeta e dar um beijo nele!

Estou no cliente olhando para o dono sentado na mesa dele e o gerente da loja com o servidor aberto e um tubo de wd40 tentando , sei lá acho que tentando matar as baratas que estão dentro do servidor.

Vamos lá historico da maquina.
Um servidor com uma placa mae intel (desktopboard) - óbvio, um intel i3 , 2 hds de 500gigas sata samsung, esses comunzinhos do mesmo tipo que voce tem na sua maquina, não te apavora servidor pode ser feito até com lata de goiabada, para poder alimentar as baratinhas.

9:32 ligação do diretor da empresa, cuidado! Tens que rodar um hirensboot, para poder acessar o raid.

Aviso que revisei a bios com ctrl + I para acessar o software do raid e que verifiquei que o raid tinha desmontado e corrompido, explico que o raid esta desmontado por ter falha num dos discos. E afirmo que vou dar um re-build.

Feito, vou la dar uma revisada com o hirens se vou precisar montar o raid dos discos.
Que nada, aparece um hd vazio para o software de particionamento.

Re-inicio e os dois na salinha do servidor o dono e o gerente metendo pressão.

Vai dar para usar???, temos clientes esperando????, está aparecendo os dados?. O outro que veio levou das 7hs da manha até às 12:30 na semanda passada para resolver, será que tu resolves antes?

AHH ,Não caracas , vai tomar no seu ... e usar a poha de um abaco para somar as vendas que voce não vai poder fazer porque não tem sistema.

Se quem veio na semana passada tivesse desativado o raid pois tem um erro num dos discos voce não estava com o cu na mão, ainda pagou para te fazerem esta merda!

Voltando a triste realidade, vamos verificar como esta o backup do cliente.

Como faz o backup?

Olha no micro do gerente que é o responsavel por fazer o backup, e?
Supresa, dois dias faltando de backup, um porque ele saiu mais cedo e lógico que não repassou que tinha que ser feito manualmente por alguem. E outro seila, o cara não tem contrato comigo ele que se ferre!

Volto para o servidor, tem que ter um jeito de abrir este raid, desconecto disco, dou re-build, e nada.

Pensa cerebelo, pensa cerebelo.

Ligo para o desenvolvedor do software que tem uma base de dados em Postgresql, quais as chances de usar a base de dados com dois dias de atraso? Nenhuma me retorna!
Vamos lá de volta ao andar de cima desta vez armado com uma picareta, se esta merda não funfar vou furar ela!

10:56 Ligação da histérica da secretaria: Onde tu estás já ligaram da farmacia duas vezes, não era somente colocar a imagem do sistema operacional do servidor? Putaquepariu , explico que o diretor já tinha me ligado repassando que ele ja tinha resolvido a implementacao dos terminais da farmacia diretamente com o usuario, e com a delicadeza de um elefante numa loja de cristais, pergunto se ela tinha tentando pelo menos ligar para a farmacia repassando que teria um atraso. E...nahhhhhhhhhhh ...carrrra...

Voltemos depois de tudo isso eu não desisto, coloco o hirensboot carrego o minixp e de cara me aparece uma coisa muito estranha no hd principal da raid, uma unidade C: com 100megas e duas outras, D:\ raiz do win7 e E:\Dados?

WTF??? Não me venham com problemas ! Preciso de soluções!!

Tento copiar as pastas do servidor para o meu pen-drive, mas , nem as pastas de backup e muito menos os dados do cliente querem ir retornam erros.

Torno a dar boot com o dvd do win7 no servidor, isto mesmo este servidor é espectacular, coisa de profissional, ele tem um sistema operacional win7 em vez de um win2008, não , não me acusem a ideia não foi minha!

Coloco no modo de reparação de sistemas e nada, mas, tento rodar atraves de um prompt
de comando um chdsk /r na unidade d:\ sistemas e me aparece o culpado, vários badblocks no hd principal, Ok, vamos tentar agora na unidade de dados a E:\ roda por uns 15min e tranca.

Reboota a nave com o hirensboot, vamos ver o que acontece??
Opa novamente aparece as unidades e vou copiar nem que seja os 40 megas dos arquivos zipados do backup para o meu pen-drive.
Feeeito, conseguiiiiiiiiiiiii!!!!

Ligo novamente para o desenvolvedor.
Posso formatar este servidor com os dias de backup recuperados?
SImmmmmmmmmmmmmm!!!!

Vamos lá , tiro o hd principal e deixo somente o escravo do raid (Mirror) tomo o cuidado de antes remover no software do raid a matriz, preste atenção tem duas formas na bios da raid , uma pergunta se ele vai formatar e outra não. Use sempre a que não vai formatar!!!!!
DVD na gaveta e parada para revisar se vai formatar todas as partiçoes no hd pela instalação do Win7 , opa, aparece as partiçoes corretas, vamos lá ferro nas duas de sistema e preservo a partição D:\ dados.

Win7 instalado e backup reposto , verifico Ip para a passagem pelo modem da GVT. Firewall??? Para que???

Instalo Radmin e testo por outra estação , funciona o acesso para o servidor, removo o hd unitilizado e coloco sobre a mesa do diretor.

Fecho o maldito servidor, removo o monitor e coloco ele no chão do escritorio, que é o melhor lugar para ele ficar, certo?!

12:30 Ligação da esposa do diretor, Te manda o que tu estas fazendo ai? se tiveres que voltar avisa que vais voltar a tarde! Ok já estou saindo, mesmo, estou louco para comer os rondelis que a Danny fez!

Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, se voce acha que isto acaba por aqui??
Falta a parte do stress da tarde!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Site para baixar drivers de Notebooks !


Assim, muitas pessoas geralmente perguntam onde fazer download de drivers para Windows XP do notebook Dell Inspiron 1545. Aqui você encontra os drivers para Windows XP para o Dell Inspiron1545.

A. Drivers de BIOS baixe Aqui


B. Sigmatel Audio Driver (IDT 92HD71B) baixe Aqui

tamanho do arquivo: 11 Mbyte

C. Intel GM45 Express Chipset Family Driver baixe Aqui: tamanho do arquivo: 2 Mbyte

D. Realtek RTS5158E Media Card Reader baixe Aqui: tamanho do arquivo: 7 Mbyte

E. ALPS TouchPad Driver baixe Aqui: tamanho do arquivo: 8 Mbyte

F. 1.3 Megapixel Web Camera Driver baixe Aqui: tamanho do arquivo: 4 Mbyte

G. Dell Wireless 365 Bluetooth Module baixe Aqui: tamanho do arquivo: 95 Mbyte

H. Wireless 1515 a/g/n WLAN half mini-card Atheros baixe Aqui: tamanho do arquivo: 6 Mbyte

I. Marvell LAN 88E80XX Ethernet Controller baixe Aqui: tamanho do arquivo: 23 Mbyte

J. Intel Matrix Storage Driver baixe Aqui: tamanho do arquivo: 555 Kbyte

K. Intel ATI M92 Video Graphics Drivers baixe Aqui: tamanho do arquivo: 181 Mbyte

L. Intel GM45 Video Driver baixe Aqui: tamanho do arquivo: 20Mbyte


Dell Inspiron 1545 vem com tela de 15,6 polegadas tem placa de video que pode ser intel GM45 ou ATI m92 (amd) configurado com um processador Duo Core 2. Sistema operacional original Windows 7 .



Fonte -
http://www.laptops-drivers.com/dell-laptop/complete-windows-xp-drivers-for-dell-inspiron-1545.html

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

10 coisas para fazer com seus clientes!

10 coisas para fazer com seus clientes!




1: Esteja sempre atrasado!

- Isso mesmo. Eu sei que os engenheiros de suporte que estão constantemente atrasados com seus compromissos. Mas o que você pode fazer? Você está trabalhando em um compromisso e ele está tomando mais tempo do que você pensou. Quando esse primeiro encontro lhe toma a hora do próximo compromisso, a única coisa profissional que voce pode fazer é chamar o próximo compromisso e que eles saibam que algo deteve você. Desta forma, você pode reprogramar seu compromisso, e se necessário, dar-lhes prioridade. Essa última parte é crucial, pois o tempo perdido / trabalho deve ser comentado até eles os clientes de alguma forma, e mostrar que eles têm a próxima prioridade é a melhor maneira de fazer isso. Desta forma, você pode reprogramar sua hora marcada se for necessário, dando-lhes uma prioridade maior.

2: Difame os outros clientes!

O que exatamente faz você pensar no que vai pela cabeça de seus clientes quando eles ouvem você difamando outros clientes? Eles pensam uma coisa simples: "Eu pergunto-me o que eles dizem sobre mim"? E eles certamente teriam justificativas em perguntar isso. Então pergunte-se : Falar mal de propósito de outros clientes vale a pena? Eu adivinho a resposta a esta pergunta "Nunca". Sua melhor aposta é evitar falar de seus clientes a outros clientes. Além, disso se você não tem nada de bom a dizer é melhor…



3: Envie suas cobranças sempre atrasadas ou incorretas!

Faturamento é um dos aspectos mais desconfortáveis ​​dos negócios para algumas pessoas. Mas é inevitavel. Se você quiser pagar suas contas, suas faturas devem ser enviadas e pagas. Mas o envio de faturas atrasadas ou incorretas só aumenta a raiva de seus clientes. Criar uma política de cobrança e cumpri-la. Certifique-se que a cobrança é enviado dentro de 24 a 48 horas e não mais que isso. E sempre, sempre verifique suas faturas. Trabalho incorreto ou errado irá atrasar o processo de pagamento, assim emita cobrança corretamente sempre.

4: Peça desculpas por não resolver um problema!

Todos nós, ocasionalmente, nos deparamos com algo que nós simplesmente não podemos consertar. Ninguém é 100% capazes o tempo todo. E quando você está confuso, não invente desculpas. Sua melhor coisa a fazer é uma das duas coisas: Informar o cliente que você vai precisar de mais tempo para pesquisar o problema particular ou trazer outro engenheiro para dar uma olhada. Não há vergonha nenhuma em saber suas limitações e seus clientes irão apreciar sua honestidade em vez de desperdiçar horas faturáveis ​​tentando consertar algo que você não tem idéia de como corrigir.

5: Vender hardware desnecessários e software.

Um novo cliente que me apresentaram para a empresa contava com seis servidores Windows2008 rodando, cada um executando uma função diferente. Tinha-se este cliente como uma grande empresa, gostaria de entender a necessidade de hardware. Mas este era um salão de beleza, e teria sido bem gerenciado com apenas um único servidor. Quando se descobriu que lhes fora vendido muito mais hardware do que o necessário, eles ficaram furiosos. E você pode apostar que vão espalhar que a sua empresa de suporte anterior não é confiável e isto deve ser evitado a todo custo. Não faça isso nunca . Não venda hardware só porque você tem um cliente com os bolsos cheios. Vender ao cliente sempre o que eles precisam, não o que vai pagar para sua segunda hipoteca.


6: Deixar de fazer (ou manter) backups.

Backups meu trabalho principal é o monitoramento e correção de mais de 60 clientes. Eu tenho que garantir que esses backups funcionem sem problemas todos os dias ou então as coisas podem ficar muito feias. O que acontece quando um cliente perde um servidor e o backup está desatualizado? De quem é a culpa? Quem vai ser o culpado e perder dinheiro e clientes? Certamente não é o cliente. Se você é o suposto responsavel de fazer backup dos servidores de seus clientes, certifique-se de que aqueles backups forma executados com sucesso, sempre.

7: Perder os dados do cliente

Na mesma linha dos backups são os dados do cliente. Que os dados são uma preciosa carga para o seu cliente. Se você perdê-lo, o cliente pode peder a sua empresa. Se você tiver dados importantes em suas mãos (seja em um drive externo ou armazenado em um dos seus servidores internos), certifique-se que os dados estão seguros e que tenha backup. Nunca perca os dados do seu cliente ... por qualquer motivo.

8: Seja rude com os funcionários do cliente.

Empregados falam. Se você é rude com os funcionários de um cliente, eles vão marchar até a cadeia gerencial para se certificar de que o que você disse é passado para aqueles que fazem a contratação / demissão. E você será lembrado disso. As empresas tendem a ser muito protetoras com seus empregados quando se trata de influências externas. Quando você tem qualquer contato com funcionários de um cliente, tratá-los sempre com o mesmo respeito que você demonstra para a pessoa que o contratou para o trabalho.

9: Atire nas empregadas do cliente.

Na mesma linha que a anterior, não ataque as funcionárias de um cliente. Eu não me importo se você está olhando para os olhos de uma sósia de supermodelo , manter a interação social fora da equação, ou você pode muito bem encontrar o fim do seu negócio ou pior, acabar em um processo. Na verdade, gostaria de dar um passo além, dizendo que não deves confraternizar com os funcionários dos clientes, mesmo fora do local de negócios. Essa relação deve ser sempre assim.

10: Dê as informações do cliente.

Eu não deveria ter que dizer isso, mas eu testemunhei em primeira mão. Se você tiver informações sobre um cliente (seja pessoal, profissional, legal ou ilegal) não, repito, não dê essa informação a ninguém. Em alguns casos, há uma confidencialidade implícita compartilhada entre você e seu cliente. Em outros casos, há um segredo compartilhado explícito (completo com sua assinatura nele) entre você e seu cliente. Violar esta confidencialidade não só poderia causar a perda de negócios as vezes muito necessária, e ela pode acabar em tribunal. Não faça isso. Não pense em fazê-lo. Nem sequer finga em pensar em fazê-lo.

- Manter seus clientes -

Em um mundo perfeito, listas como esta não seriam necessárias. Mas o mundo está longe de ser perfeito, e eu sei a abundância de engenheiros de suporte e profissionais de TI que parecem pensar que estamos imune a coisas que poderiam custar os clientes. Não tem uma coisa na lista acima que valha a pena para perder sua renda. Então, faça disso um hábito para evitar o envolvimento em qualquer coisa remotamente parecida com as ações desta lista.

" Fonte - Um artigo que recebi pelo e-mail, mas, perdi o email então sinto muito se não cito a fonte! "

sábado, 30 de julho de 2011

Bips e outros sons de placa mãe!

A sua MotherBoard faz muito barulho? Ela pode estar tentando dizer-lhe
alguma coisa!!!
O seu PC não inicia e está constantemente a fazer ruídos – bip e outros sons estranhos?
Acredite ou não, esta é a forma de ele se comunicar. O número de bips que se ouve e a duração dos mesmos determinam o tipo de problema que o seu PC possa estar tendo . Não podemos oferecer um tradutor à altura, mas podemos fornecer-lhe um guia que explica a razão dos “bips” mais comuns.
Leia Mais...
Uma confusão de sons
Os bips são gerados pela BIOS do seu PC e são difundidos através do altofalante interno da máquina para que você os consiga ouvir, mesmo se não tiver uma placa de som.

Códigos bip da BIOS AMI
Bips: Nenhum.
Problema: deverá sempre ouvir um bip no boot. Nenhum som quer dizer que existe um problema no altofalante, na motherboard ou que uma fonte de alimentação que está estragada.
Solução: verifique as ligações do altofalante e da fonte de alimentação.
Faça as substituições necessárias. Se isto falhar, substitua a motherboard.

Bips: Um curto.
Problema: refresh da RAM; interrupção no relógio ou problemas no controlador.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: Dois curtos ou três curtos.
Problema: indica problemas de memória. Se tiver imagem, procure mensagens de erro.
Solução: verifique se os chips de memória estão bem presos ou substitua a memória.

Bips: Quatro curtos.
Problema: avaria do relógio do sistema.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: Cinco curtos.
Problema: avaria da CPU.
Solução: substitua o processador.

Bips: Seis curtos.
Problema: erro do teclado.
Solução: substitua o mesmo. Se continuar, o chip pode precisar de ser substituído. Se persistir, substitua a motherboard.

Bips: Sete curtos.
Problema: erro do CPU.
Solução: substitua o CPU e/ou a motherboard.

Bips: Oito curtos.
Problema: avaria na placa de video.
Solução: veja se a placa de video está bem presa e tente outra vez – se persistir, substituir a a placa de video.

Bips: Nove curtos.
Problema: erro de ROM checksum. A ROM da BIOS está danificada.
Solução: substitua a ROM da BIOS. Talvez seja mais fácil substituir a motherboard.

Bips: Dez curtos.
Problema: algo se passa com o CMOS.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: Onze curtos.
Problema: avaria de memória cache L2. O seu PC desligou-a.
Solução: substitua a memória cache L2 e, se necessário, a motherboard.

Bips: Um longo, três curtos.
Problema: falha no teste de memória RAM, durante os primeiros 64K.
Solução: substitua a RAM e, se necessário, a motherboard.

Bips: Um longo, oito curtos.
Problema: erro no monitor. Avaria da placa gráfica.
Solução: substitua-a. Se isto falhar, substitua a motherboard ou tente
usar um adaptador numa slot PCI.

Para informação sobre a BIOS da Phoenix e da Award visite o site
www.phoenix.com

Esta comunicação auditiva surge sempre para o caso de não haver qualquer informação no video. Por exemplo, se a sua placa gráfica estiver estragada, o seu PC não pode apresentar uma mensagem de erro no video, ou seja, a única forma que este tem de comunicar-se é através dos bips da BIOS.
Para o caso de pensar que, quando não aparece qualquer mensagem de erro no video, o erro está sempre na placa gráfica, tenha em conta a existência de outros problemas que podem impedir a sua tela de se iniciar. Um cabo desligado é o exemplo mais óbvio, mas pode também tratar-se de uma avaria na motherboard ou da avaria de um dispositivo que seja crucial para o power on self test (POST).
O significado dos bips depende da sua BIOS e muitas vezes da sua motherboard. As BIOS usadas habitualmente são da Award, da Phoenix e da AMI (American Megatrends).

A BIOS da Award é uma das mais utilizadas hoje em dia
A Award foi recentemente adquirida pela Phoenix, por isso pode obter informações sobre ambas em www.phoenix.com. Para informações sobre a BIOS American Megatrends, vá para www.ami.com. Antes de ir seja onde for, porém, examine o manual da sua motherboard. Este inclui detalhes sobre a BIOS específicos da sua motherboard e como tal é a fonte mais exata que poderá consultar. As BIOS da Phoenix em particular variam de dispositivo para dispositivo, mas todas as três têm diferenças sutis de PC para PC.

Códigos bip da Phoenix

Bips: 1,1,3.
Problema: falha no CMOS.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: 1,1,4.
Problema: falha da BIOS.
Solução: substitua-a. Pode ser mais fácil substituir a motherboard.

Bips: 1,2,1.
Problema: relógio.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: 1, 2,2 ou 1,2,3 ou 1,3,1 ou 1,3,4 ou 1,4,1 ou 4,2,1 ou 4,3,1 ou
4,3,2 ou 4,3,3.
Problema: erro da motherboard.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: 1,3,3.
Problema: memória.
Solução: volte a colocar ou substitua a RAM.

Bips: 1,4,2.
Problema: falha da memória.
Solução: Teste e substitua a RAM.

Bips: 2, qualquer som.
Problema: quaisquer bips depois de dois indicam problemas de memória.
Solução: corra um utilitário de verificação de memória (se puder) e depois substitua a sua RAM, se necessário.

Bips: 3,1, qualquer som.
Problema: a sua motherboard tem um chip defeituoso.
Solução: substitua a motherboard.

Bips: 3,2,4.
Problema: erro do controlador do teclado.
Solução: substitua o teclado, o chip controlador ou a motherboard.

Bips: 3,3,4.
Problema: não há placa gráfica.
Solução: volte a colocar ou substitua a placa gráfica.

Bips: 4,2,2 ou 4,2,3.
Problema: falha do teclado.
Solução: substitua o teclado. Se persistir, o problema é a motherboard. Substitua-a.

Bips: 4,2,4.
Problema: placa de expansão.
Solução: Remova todas as placas de expansão e depois coloque-as uma a uma até encontrar a defeituosa. Depois substitua-a.

Bips: 4,3,4.
Problema: erro de relógio.
Solução: reponha o relógio da motherboard usando o programa de setup.
Substitua a bateria do CMOS, se for necessário. Se isso falhar,
substitua a fonte de alimentação.

Bips: 4,4,1 ou 4,4,2.
Problema: erro da porta série.
Solução: use o manual da motherboard para desligar as portas série e acrescente uma placa I/O para as substituir.

Bips: 4,4,3.
Problema: co-processador matemático avariado.
Solução: use um programa de diagnósticos de baixo nível para confirmar a origem do problema. Depois desligue-o, pode – se provavelmente passar sem ele.


Problemas com a motherboard?

Esses bips estranhos são a sua motherboard a tentar comunicar erros.
As tabelas mostram códigos de bip comuns das três BIOS. Umas falam mais do que outras. A Award é a que fala mais suavemente, emitindo bips apenas quando a tela estiver afectada. As outras duas requerem que conte os bips e os distinga entre longos e curtos. Provavelmente precisará de reiniciar umas poucas vezes a sua máquina para confirmar os códigos mais compridos.

Se o código indica que uma peça de hardware está avariada, tente removê-la e voltar a colocá-la. A dilatação e a contracção podem alargar os componentes e soltá-los. Se isto não funcionar, precisa de substituir o hardware. Muitos códigos indicam problemas de motherboard. Tente voltar a colocar os vários componentes antes de a declarar morta.

Award BIOS

Bips: Um longo.
Problema: algo se passa com a memória.
Solução: remova a RAM e volte a colocá-la.

Bips: Um longo, dois curtos ou um longo e três curtos.
Problema: placa gráfica ou a memória desta última.
Solução: substitua a placa gráfica ou a sua memória.

Bips: Contínuo.
Problema: isto é causado normalmente por um problema de memória, mas também pode indicar problemas de vídeo.
Solução: volte a colocar ou substitua a memória e/ou a placa gráfica.


Tuturial Retirado da BasicSoft
Algumas correções por parte de André Machado

terça-feira, 26 de julho de 2011

Virtualize sempre que possível!


Fonte " pt.wikipedia.org/wiki/VirtualBox"


O VirtualBox tem um desenho extremamente modular com interfaces de programação interna bem definidas e um desenho cliente/servidor. Isso torna fácil o controle de várias interfaces de uma só vez. Por exemplo: você pode iniciar uma máquina virtual em uma máquina típica virtual de interface gráfica e, em seguida, controlar essa máquina a partir da uma linha de comando, ou possivelmente remotamente. O VirtualBox também vem com um kit completo desenvolvimento de software: embora seja de código aberto, você não tem que cortar a fonte de escrever uma nova interface para VirtualBox.

As definições de configuração de máquinas virtuais são armazenados em XML e são totalmente independentes das máquinas locais. Por isso, as definições podem ser facilmente transferidos para outros computadores.

O VirtualBox tem um software especial que pode ser instalado dentro das máquinas virtuais Windows e Linux para melhorar o desempenho e fazer integração muito mais perfeita. Entre os recursos fornecidos por essas adições clientes são integração do ponteiro do mouse o e soluções arbitrárias de tela (por exemplo, o redimensionamento da janela do cliente).

Tal como muitos outras soluções de virtualização, para facilitar a troca de dados entre os hospedeiros e convidados, o VirtualBox permite a declaração dos diretórios de certos hospedeiros como "pastas compartilhadas", que pode ser acessadas de dentro de máquinas virtuais.

Recursos restritos

O VirtualBox possui uma série de recursos disponíveis somente na versão completa.

Por exemplo, ele implementa um controlador virtual USB e permite-lhe arbitrariamente ligar dispositivos USB em suas máquinas virtuais sem ter que instalar um drivers de dispositivo específico ao host.

Diferente de qualquer outro software de virtualização, o VirtualBox apóia inteiramente o padrão Remote Desktop Protocol (RDP). Uma máquina virtual pode atuar como um servidor RDP, o que lhe permite "executar" a máquina virtual remotamente em alguns serviços que exibem os dados RDP.

Já com o recurso de USB durante RDP, uma máquina virtual que atua como um servidor RDP pode acessar dispositivos USB que estão conectados à RDP cliente. Dessa forma, uma poderosa máquina servidor pode virtualizar um lote de serviços que necessitam dados RDP e dispositivos USB conectados.


Estou preparando um novo servidor virtualizado para rodar uma base de dados Oracle11g, assim que ficar pronto vou postar a experiencia!



segunda-feira, 25 de julho de 2011


- Começou bem a semana, após a morte de Amy Winehouse no sábado!

- Já cheguei no trabalho com a missão de trocar um range de modem adsl de um cliente em outra cidade.
- Revisar um servidor 2003 de um cliente de contrato, este servidor esta sem os drivers de placa-mãe, pois o modelo da placa não é o adequado para servidores, não sei porque as pessoas colocam placa mãe de desktop em servidores, isso deve ser porque é mais barato.
Nessa mesma empresa vou ter que colocar um virtualbox , para colocar um win2008 a rodar junto ao win2003.

- Para quem usa ainda, MS WindowsVista... ao tentar fazer a importação dos arquivos de armazenamento do windows mail de um sistema , pode ocorrer erros ao importar
principalmente quem atualiza para MS Windows7, pois o windows live mail do messenger não é a mesma versão.

- A solução é bem simples, mas, requer um certo tempo livre. Basta pegar outra maquina com MS WindowsVista , abrir o windows mail, mover a pasta de armazenamento para outra unidade, copiar a antiga, vai retornar um erro, mas ele devagar começa a importar para uma pasta chamada mensagens recuperadas - com a data e a hora .

- Depois desta mão de obra de mais de 2hs esperando o sistema recuperar tudo, podemos fazer uma instalação do MS Oficce Outlook2007 , e importar os antigos e-mails, contas etc..